Como quase todas as cidades mineiras, Campanha nasceu junto com a extração do ouro. No início, Campanha integrava todo o Sul de Minas, mais uma parte de São Paulo. Hoje, mais de 160 cidades ocupam seu território original. Por isso podemos dizer, que “aqui nasceu o Sul de Minas”. Quem visita o município se depara com um misto de tradição e contemporaneidade. Casarões do séc. XVIII se enfileiram nas ruas calçadas com paralelepípedos, onde diversos estilos arquitetônicos antigos convivem com construções modernas.

Mas Campanha não conta sua história apenas na arquitetura, o município possui expressivo artesanato em fios e fibras, esculturas em madeira e bordados, além de uma culinária tipicamente sul mineira. A religiosidade é outro fator marcante no município, que é sede do bispado. Por todas essas características, Campanha é uma das cidades mais visitadas por quem busca riqueza cultural e histórica, e que também deseja conhecer a já tradicional hospitalidade mineira.

PARA MAIS INFORMAÇÕES ACESSE:
http://www.campanha.mg.gov.br/

 

CAMPANHA, CIDADE MÃE DO SUL DE MINAS

Historiador Ronald Ferreira

Campanha é considerada “O Berço da Cultura Sul Mineira” ou “Cidade Mãe do Sul de Minas” por diversos e relevantes motivos históricos e culturais, a saber: foi o primeiro “Arraial” (1737), a primeira “Freguesia” (1738), a primeira “Villa” (Vila da Campanha da Princesa”, por alvará régio de 20/10/1798 com Juiz de Fora do Civil, Crime e Órfãos) e já era cidade em 09/03/1840.

Na instalação da Vila em 26/12/1799 foi demarcado como sendo seu território “todo o espaço da margem esquerda do Rio Grande até os Registros que fecham os limites desta Capitania” (Augusto de Lima, ob. Cit. Págs 185/186); como se vê todo o Sul de Minas mais uma parte do Estado de São Paulo integravam Campanha, pois, os limites iam até o Rio Pardo e a então freguesia de Franca (Termo do Jacuí) também integrava a “Villa de Campanha da Princesa”. Hoje mais de 160 cidades ocupam seu território original.

praa dr. jefferson – inaug. marco bicentenrio – missaEducação e Cultura tornaram Campanha indiscutivelmente a matriz da cultura Sul Mineira, senão vejamos: Já em 1.800 a Câmara instituiu cadeiras de ler e escrever e Gramática Latina; 1830, cadeira de Francês; 1837, cadeira de Filosofia e Retórica; 1859 funda-se o Colégio Campanhense, 1873 instala-se a Escola Normal Oficial, a segunda do estado (a 1ª na capital Ouro Preto) e o Colégio Sion em 1904; Seminário Diocesano; Ginásio Diocesano São João; Academia Sul Mineira de Letras (1939) e o Instituto Histórico e Geográfico (1969). Desde 1832 contou com imprensa, editando-se o jornal “Opinião Campanhense” seguindo a este mais de uma dezena de jornais de grande circulação, isto só no século XIX. Campanha possuía Imprensa própria desde 1831. Editou até um jornal feminista “O Sexo Feminino” em 1873.

No setor econômico, com o descobrimento das minas de ouro, Campanha conheceu a opulência e a riqueza. Quando do descoberto da povoação em 2 de outubro de 1737 já ali trabalhavam 7000 escravos, daí seguiram-se fábricas de sino, de cerveja, de vinho, de pregos, de chapéus e representações de grandes indústrias notadamente da Inglaterra (engenhos, tecidos, arados, panelas, etc.) com hegemonia total sobre toda a região. Praticamente tudo que se comercializava no Sul de Minas era proveniente de Campanha.

praa zoroastro de oliveira – bicentenrio – missaNo aspecto religioso, a Freguesia desde 1738, possuía Igreja, sendo instalada em 1745 a Irmandade do S. S. Sacramento. Em 1822 inaugurou-se a nova matriz (hoje Catedral Santo Antônio); 1894, o primeiro noviciado no Brasil dos Jesuítas, o Colégio Sion em 1904 e a instalação em 1907. Todos os outros credos tiveram na Campanha grande aceitação e operosidade, até uma loja maçônica já existia no século XIX.

“Auro Soli Fide Cultu Civilibusque Virtutibus Filiorum Effulsit” (Brilhou pelo ouro do solo, pela cultura, pela fé e pelas virtudes cívicas de seus filhos), no dizer de Alfredo Valadão.

Tudo o que foi dito e muito mais, poderia ser elencado para corroborar e legitimar Campanha como O BERÇO DA CULTURA SUL MINEIRA, o importante é não perdermos de vista a memória da nossa história e tudo de positivo que ela nos legou como riquíssima herança, pois, em tempos de globalização, tem sido comum a perca da identidade histórica de muitos povos e a derrocada de seus valores mais expressivos. Além daqueles que habitam o Sul das Minas Gerais, sempre será alvissareiro e enriquecedor conhecer a cidade da Campanha, berço de esplêndido fulgor humanista e cultural.

ATRATIVOS TURÍSTICOS CULTURAIS:

Antigo Colégio N. Sra. de Sion – Capela N. Sra. de Sion
Tel: 3261-1316
Rua Pe. Natuzzi, 53 

Catedral Santo Antônio
Tel: 3261-1253
Pça. Dom Ferrão

Capela N. Sra. das Dores
Tel: 3261-1253
Rua Saturnino de Oliveira c/ Travessa N. Sra. das Dores

Igreja São Sebastião
Tel: 3261-1253
Pça. São Sebastião com Rua Dr. Brandão

Capela São Miguel
Tel: 3261-1253
Rua Cipriano José da Rocha (final da rua) – subindo a Pça da Bíblia.
Visitas só com permissão

Igreja do Rosário
Tel: 3261-1253
Final da Av. 02 de Outubro

Museu Casa de Vital Brazil
Tel: 3261-1031
Rua Vital Brazil, 45 – em frente ao Fórum Ministro Alfredo Valladão

Museu Regional do Sul de Minas
Tel: 3261-4008
Rua João Luiz Alves, 26

Fachada Bárbara Eliodora
Tel: 3261-1340 – Rua Saturnino de Oliveira, 200

Fachada Palácio Episcopal São José
Tel: 3261-1217 – Rua João Luiz Alves, 106

Fachada Casa Pe. Vítor
Rua Saturnino de Oliveira, 266

ATRATIVOS TURÍSTICOS NATURAIS

Usina do Xicão – CEMIG / Lago da Barragem da Usina
Restaurantes, Chalés para hospedagem,  Quiosques, Passeios de chalana.
Tel: 35-99989-8606 / 35-999182633
End.: Estrada do Campo Grande/Ressaca
Funcionamento: Segunda a sexta-feira – 08h às 22h
Sábado e domingo – 08h até o último cliente.

 

BAR E RESTAURANTE DO JOSÉ AUGUSTO/ LAGO DA BARRAGEM 

Contato: (35) 3261-5030

Endereço: Estrada do Campo Grande 

 

BAR DO CEC

Contato: (35) 99123-9313

Endereço: Praça Zoroastro de Oliveira, 26 (Dentro do Campanha Esporte Clube)

 

BAR E LANCHONETE VARANDA

Contato: (35) 98867-8035

Endereço: Avenida 02 de Outubro, 256 

 

BAR DO MOZART 

Contato: (35) 3261-2454

Endereço: Rua Padre Natuzzi, 207

 

BAR DO PARDAL

Contato: (35) 98866-7747

Endereço: Rua Martins de Andrade, 264 (Esquina com a Rua Alexandre Stockler)

 

CANTINA DO HÉLIO 

Contato: (35) 3261-1926 

Endereço: Rua Comendador Paula Ferreira, 170

 

COQUINHO RESTAURANTE/LANCHONETE 

Contato: (35) 3261-2515 

Endereço: Praça Dom Ferrão, 217  

 

 

PESQUEIRO, RESTAURANTE E PIZZARIA VALE DO SOL

Contato: (35) 3261-1555 

Endereço: Rua Doutor Brandão, 953

 

PETISQUEIRA DO PEIXE 

Contato: (35) 3261-3087

Endereço: Praça Cel. Zoroastro de Oliveira, 28

 

RESTAURANTE COLIBRI 

Contato: (35) 3261-2081 

Endereço: Rua Dias de Castro, 315 

 

RESTAURANTE E PIZZARIA CANTINA DA MÁRCIA

Contato: (35) 3261-1916 

Endereço: Rua Manuel Borges, 90

 

RESTAURANTE TIBÉRIUS

Contato: (35) 3261- 2126 

Endereço: Rua Jandir Solimões de Araújo, 18 – Bairro Santa Tereza 

 

 RÚSTICA PIZZARIA 

Contato: (35) 3261- 3073

Endereço: Rua Doutor Brandão, 126

ACONTECE EM CAMPANHA – MG

Campanha – MG e o Carnaval 2018

O Carnaval 2018 em Campanha será muito animado na Praça Dom Ferrão.

Todos os dias atrações diferentes para que os foliões aproveitem ao máximo as festividades.

Sexta-feira (09) se apresenta o Movimento Axé levando muita alegria. No Sábado (10) Ediana Maskáro, Domingo (11) Moleka Levada, quem agita Campanha e Segunda-feira (12) Patukerê.

Destaque para a Queridinha do Carnaval de Campanha que se apresentará todos os dias, Banda Fênix.

As ruas estão sendo decoradas e a cidade está se transformando para receber os foliões.

Veja a Programação Campanha Nossa Folia tem História 2018:

 

Cadastre seu estabelecimento de Campanha - MG

11 + 9 =

+ CIDADES DO CIRCUITO DAS ÁGUAS

_____

Conheça os demais municípios integrantes do Circuito das Águas